segunda-feira, 19 de junho de 2017

Caminhada Solidária de Escariz

A Caminhada Solidária de Escariz reúne, numa manhã quente, habitantes locais e pessoas de freguesias vizinhas para juntos caminhar pela Liga Portuguesa Contra o Cancro. O Pé ante pé está em casa e a causa da caminhada é nobre. Motivos suficientes para participar e enfrentar as altas temperaturas sentidas no domingo passado (18 de Junho).

Grupo de participantes da Caminhada Solidária de Escariz


O percurso traçado é circular e acessível com início e fim junto do Centro Social e da sede da Junta de Freguesia de Escariz. Às 9 horas, o aquecimento com uma pequena aula de zumbra. E, meia hora depois, a caminhada começa rumo a Vér. Os participantes são conduzidos para caminhos florestais e rurais, passando pela povoação e estrada velha de Vér.













Deixada a estrada velha de Vér, os caminheiros são guiados para os campos agrícolas de Vale-de-Lameiro. E, deste lugar, seguem para Alvite de Cima onde admiram um moinho em funcionamento. E, num instante, um grão de milho vira farinha. E também num abrir e fechar de olhos chega-se ao lugar do Viso onde os participantes entram numa zona florestal.














Eis que os caminheiros atingem a antiga calçada do Cruzeiro. Daqui, é possível avistar o monte de Coruto onde, noutros tempos, existiu um castelo. E é para junto do monte e da sede da Junta de Freguesia de Escariz que todos seguem a bom passo para terminar a caminhada em beleza com uma fotografia de grupo.

Aventurem-se e boas caminhadas!

Um até já,

TS



sexta-feira, 9 de junho de 2017

Caminhada Doce 2017

A manhã do primeiro domingo de Junho do Pé ante pé é, pelo terceiro ano consecutivo, passada na Caminhada Doce das Caldas de S. Jorge. Inserida no Festival Doce, esta é uma caminhada de nível fácil que ao longo do rio Uíma desvenda o melhor que há entre as Caldas e Pigeiros (terras de Santa Maria da Feira). Abaixo, sigam os registos fotográficos.
































E, terminada a Caminhada Doce, eis a cereja no topo do bolo. Neste caso, o levantamento do doce que este ano leva-me à barraca de Vila Real. E, logo depois, outro brinde é a soma de mais uma cache. Em pleno parque de lazer das Caldas surge com facilidade um novo achado que fecha em beleza a manhã do dia 4 de Junho pois o Geocaching veio para ficar.

Aventurem-se e boas caminhadas!

Um até já,

TS